GoldParty.org
   
Aviso: Esta é uma tradução de máquina do inglês por Babelfish. Pode haver uns inaccuracies.
   

 um modelo da atividade política         à página principal

"Comunidade Que Policia": Não é o que é rachado até seja


(A seguinte narrativa foi escrita por William McGaughey em abril 1995 em resposta a uma parte do commentary de Star Tribune por Curt Milburn. A Star Tribune publicou-a como uma característica do counterpoint. Em conseqüência deste artigo, Bob Anderson do comitê de ação das direitas da propriedade de Minneapolis contatou McGaughey pelo telefone e aquele era como fêz primeiramente o contato com este grupo do landlord. As mudanças foram feitas no texto para finalidades do elaboration e do esclarecimento.)

Do perspective de Curt Milburn como o diretor executivo do grupo da vizinhança de Seward, policiar da comunidade é uma inovação maravilhosa na técnica do lei-law-enforcement cujas vantagens "compense distante os detractions." De meu perspective como um landlord do pequeno-tempo que tenta lutar o crime, é um cop-out na parte do governo da cidade. Deixe-me explicar.

I para possuir um edifício de apartamento da nove-unidade na avenida de Glenwood apenas ao oeste de Minneapolis da baixa. Minha primeira "comunidade que policia" a experiência veio apenas duas semanas depois que eu me tinha fechado na propriedade. Em sábado, agosto 13, 1993, eu assisti a uma reunião especial do comitê da segurança da associação da vizinhança de Harrison "crime e" reuniu-se com a finalidade de chamar-me um outro proprietário de propriedade e no tapete para as atividades criminal que ocorrem dentro ou aproximam nossas propriedades respectivas.

Apenas comprando a propriedade, eu poderia mal ser responsabilizado por seu mismanagement com respeito ao crime. Entretanto, um membro de comitê observado ominously: "você deve ter sabido o que você estava começando." Sim, eu soube que havia uns problemas com o edifício. Logo após ter feito exame da possessão, eu realizei uma reunião com todos os residentes no hallway dianteiro. Eu perguntei-lhes o que era erro e fi-lo exame de notas. Então eu entrevistei os residentes separada em suas unidades do apartamento. Eu pensei que eu tive uma planta de ação.

O comitê agora do crime e de segurança e o membro de conselho da cidade de minha área, Jackie Cherryhomes, exijiam que eu evict todos os tenants imediatamente. Não me deram nenhuma evidência de wrongdoing à excepção de para sugerir que o edifício próprio era fora do controle. Eu resisti esta sugestão porque, se encontrando com os tenants, eu pensei que alguns deles eram povos bons. Eu pensei também que betray a confiança que nós tínhamos estabelecido em nossas conversações precedentes. Cherryhomes expressou a opinião nesta reunião que eu era inadequado ser um gerente da rental-propriedade na cidade. Presumably, eu era demasiado ingénuo. Eu recusei sua demanda mas eu concordei evict os tenants que tiveram registros da apreensão. O oficial SEGURO teve tal lista. Três tenants tiveram registros da apreensão e para o fim da tarde eu tinha notificado todos os três que tiveram que sair. Todos foram idos dentro de dois meses.

Isto comprou-me aproximadamente um ano e uma metade da liberdade para controlar o apartamento enquanto eu vi o ajuste. Admittedly, era um período difícil. Eu fiz diversos erros em admitir tenants, mas eu evicted os assim que eu tivesse a evidência de wrongdoing. Aqui eu estava, um homem branco empregado como um contabilista no commission metropolitano do trânsito, tentando tratar de um grupo todo-preto dos tenants na porta seguinte do edifício a meu repouso. Eu burglarized diversas vezes. Alguém roubou minhas chaves. Mas eu pendurei sobre, estabeleci alguns relacionamentos pessoais, começo-os controle casado, e gradualmente regained de minha vida.

Durante este tempo, a associação da vizinhança de Harrison ofereceu a nenhuma ajuda qualquer. Teve da "um comitê dos proprietários rental-propriedade cujas em atividades eu participei, mas eu encontrei que este grupo estêve enchido com as serpentes. O dia de conta veio em fevereiro, 1995, quando eu fui batido se triplicar whammy do departamento das polícias de Minneapolis, dois jogos de inspectors da cidade, e o grupo da vizinhança que aprecía a sustentação das atrás-cenas de Jackie Cherryhomes, agora presidente do conselho de cidade. Presumably, o edifício teve problemas de saúde e de segurança. O remédio devia impo custos corretivos em cima de mim qual, se eu faltasse o crédito suficiente, me forçaria fora do negócio.

Este edifício condemned pelo departamento da saúde de Minneapolis para o infestation da barata em fevereiro mid; os tenants foram dados duas semanas ao movimento. Então, em março, um inspector da carcaça fêz uma inspeção cheia da rental-licença, atendida por dois oficiais de polícias e por um representante do escritório de Cherryhomes'. Suas ordens de trabalho requereram dez dos milhares dos dólares no trabalho da manutenção. Isto incluiu a adição de uma polegada à largura upstairs da janela do bedroom e abaixar a altura downstairs de janelas por uma polegada e por uma metade para conformar-se ao código atual da cidade e instalar um lote novo do estacionamento atrás do edifício.

Admittedly, havia algumas baratas no edifício. Havia também uma razão suspeitar dentro a atividade criminal ou aproximar o edifício. Ambos estes problemas eram bem em sua maneira à solução naquele tempo que a cidade interveio.

Na altura do condemnation, o edifício estava sob o tratamento contínuo para baratas e outros insetos por um pest-controle licenciado firmam. Entretanto, o excesso multiplicado população a da barata três--quatro ao período do mês como as circunstâncias unsanitary desenvolvidas em um grupo das unidades do apartamento ocupadas por três relacionou tenants, sua família prolongada, e outra. Um dos tenants deixou o lixo por períodos de tempo longos no apartamento. Em um outro caso, um parente que evicted de um outro lugar moveu-se em uma unidade de meu edifício sem autorização, trazendo a roupa e o furniture que abrigaram baratas.

Eu entrementes recebia relatórios de uma firma de segurança confidencial sob o contrato com mim que negociar da droga estava ocorrendo provavelmente em algumas de minhas unidades. Eu evicted um dos três tenants em dezembro 1994, persuadi um segundo para sair em janeiro 1995, e arquivei-o para um Detainer ilegal fevereiro em 1, 1995, dando lhe uma letra do eviction 30-day em dezembro.

Eu estava em New York City por uma semana em janeiro que atende ao terceiro prepcom para o summit social dos UN junto com o senator anterior Eugene McCarthy de Estados Unidos. Em cima de meu retorno, eu aprendi que o grupo dos proprietários de propriedade rental da associação da vizinhança de Harrison quis se encontrar com me e minha esposa para discutir problemas em meu edifício. Quando eu tentei explicar o que eu estava fazendo para corrigir os problemas, povoe na reunião feita lhe o espaço livre que não se importaram com este; quiseram resultados imediatos.

Se chamou-me um "liar" quando eu neguei ter recebido chamadas de telefone numerosas de outros landlords a respeito do crime em meu edifício. (no fato, tinha havido somente uma tal chamada.) Quiseram-me apontar uma pessoa da recolocação para fazem exame sobre da gerência de meu edifício. Quiseram-me dizer-lhes no ponto quando eu apontaria esse gerente. Eu disse-lhes para ocupar-se de seu próprio negócio. Esta reunião ocorreu fevereiro em 7o. A ordem do condemnation do inspector da saúde foi afixada fevereiro em 10o.

Por que tal animosity? Um insider disse-me mais tarde que um de meus críticos, pessoa da equipe de funcionários da ligação na associação da vizinhança de Harrison, esperada parlay seu sucesso em derrotar-me a uma posição política high-level. Outros, que controlaram o edifício de apartamento através da rua, disseram que minha negligência da atividade criminal estava derramando sobre em problemas em seu edifício. Um outro motriz tornou-se logo desobstruído quando, logo após o condemnation, o proprietário do edifício que controlou me chamou acima de oferecer comprar meu edifício de apartamento em um preço reduzido. I declinado polidamente mas firmemente.

Que era o papel das polícias nesta matéria? Lurking nas sombras em algum lugar. Quando o inspector da saúde e seu supervisor recusaram identificar a pessoa ou as pessoas que os tinham chamado no edifício, eu aprendi através do grapevine que era as polícias de Minneapolis. Minha esposa disse-me que quando eu era fora da cidade alguém tinha chamado as polícias para relatar um incident no edifício que envolve alegada um injetor. O oficial investigando, em sua presença, recusou procurarar pelo injetor, comentando que havia "demasiado muitas baratas".

Eu tentei começar ao fundo destes boatos assistindo a minha reunião da vizinhança C.A.R.E.. Tais eventos estão no coração da "comunidade que policia". Tipicamente, as activistas da vizinhança e as polícias sentam-se para baixo sobre o café e discutem-se as várias do "propriedades problema" na vizinhança. A idéia é que estes edifícios causam o crime e a solução ao problema do crime deve ir após seus proprietários. Em todo o evento, eu pedi aos quatro oficiais no comparecimento uma explanação dos eventos que conduzem ao condemnation de meu edifício.

Na mais melhor tradição do sheriff do sul stereotypical que toying com cidadãos powerless, a mustached Pielow nomeado oficial conduziu-me em uma perseguição burocrática do selvagem-ganso. Eu tive que compreender,disse ele, que havia dois departamentos da saúde - se é chamado "saúde", e o outro "sanitation". Eu devo contatar a cabeça do departamento do sanitation, jovem de Susan. Quando eu , eu aprendi era cabeça do lixo e unidade recycling. Não era obviamente essa com uma resposta a minha pergunta. Confidencialmente os oficiais devem ter tido uma risada boa em minha condição hapless.

Needless para dizer, as relações entre mim e as polícias não eram as mais melhores. O inspector da carcaça disse-me que as polícias me consideraram ser "uncooperative". Eu encontrei este estranho considerando que eu tinha afixado o cartaz amarelo em meu edifício que deu a polícias de Minneapolis oficiais a direita prender trespassers em minha propriedade. Eu visitei também a ô estação do precinct que tenta dar chaves a meu edifício aos oficiais; minha oferta foi recusada. I perguntaram uma vez a um polícia de Minneapolis que fosse assento em um carro da patrulha estacionado fora de meu edifício se me ajudasse em remover um grupo dos teenagers que jogavam dados em meu hallway. Shrugged fora do pedido, observando que meu apartamento não era "nada mas uma casa da rachadura."

Eu pedi que o inspector passasse longitudinalmente ao oficial undisclosed que se tinha queixado de minha atitude um pedido que ou me dão uma chamada para emendar relações. No tempo de diversos meses, nenhuma tal chamada foi feita. Todas as letras que eu dirigi para policiar oficiais no curso de dois anos foram não respondidas.

Eu penso que eu sei a fonte deste animosity: Eu fui vocal em reuniões da comunidade em expressar minha opinião que as polícias da cidade, landlords nao justos, carregam alguma medida da responsabilidade para o crime nas vizinhanças. Eu dei o testimony pessoal da resposta lenta das polícias às chamadas de emergência, das polícias que negligenciam escrever relatórios, e da continuação pobre aos relatórios. Os oficiais têm um trabalho resistente, ser certos, mas pouco criticism desta sorte não deve ser unwelcome.

Todo o isto, entretanto, vai de encontro à grão de policiar da comunidade. Nas reuniões das polícias com activistas da vizinhança, o assunto do desempenho de avaliação das polícias nunca vem acima. Instead, a agenda é moldada nos termos de discutir do "propriedades problema" e de aplicar a pressão de encontro 2 aquelas propriedades e a seus proprietários que, presumably, estão começando ricos alugando aos negociantes de droga, aos vandals, e aos ladrões. O foco está no edifício melhor que no criminoso. Se os edifícios boarded acima, o problema do crime presumably partirá. As polícias estão prontas para ajudar neste processo à extensão de emitir concessões do dinheiro para organizar clubes do bloco para perseguir landlords para policiar mais energètica suas propriedades.

Quando I assistiu a uma daquelas reuniões da polícia-comunidade, eu descobri que uma fuga de papel dos relatórios estava criada de encontro a mim como a evidência de meu unfitness para controlar um edifício. Eu era um proprietário de propriedade elusive e uncaring. Um oficial SEGURO queixou-se que tem tentado por muitos meses ajustar acima uma reunião com mim para discutir o crime em meu edifício mas foi-se sempre mal sucedido.

O fato da matéria era que esta mulher ou seu sócio me tinham chamado quatro ou cinco vezes fazer uma nomeação. Cada vez que, eu tinha concordado a uma reunião e nós tínhamos ajustado uma data. Cada vez que, uns ou outros oficiais se chamaram para cancelar a nomeação para razões como que teve um acoplamento opondo ou sua criança eram doentes. A última vez, o oficial disse-me que uma reunião face-to-face não era necessária porque nós tínhamos coberto já a maioria dos tópicos sobre o telefone. Ainda, comunidade-policiar minuta mostrou-me para ser discussões evading da pessoa com as polícias.

Como um gerente do apartamento do pequeno-tempo com um trabalho do dia, eu não posso policiar meu edifício twenty-four horas um o dia. Eu devo confiar nas polícias da cidade para serviços nesta área. I eu mesmo am untrained no trabalho das polícias. Eu falto o conhecimento pessoal do uso da droga e não posso poder manchar todos os negociantes ou usuários de droga. Eu evicted prontamente tenants quando eu tive a evidência de errado-fazer. Eu gastei milhares dos dólares nos danos reparando a meu edifício dos vandals e em instalar o equipamento da segurança.

Logo depois que meu edifício condemned, eu escrevi uma letra a meu representante ao conselho de cidade, Cherryhomes, perguntando como a cidade poderia manter landlords responsáveis para controlar atividades droga-relacionadas dentro ou aproximar nossos edifícios quando vender da droga ocorre abertamente na avenida de Hennepin perto do centro de cidade na opinião fácil as polícias. Uma pergunta tão impertinent não mereceu uma resposta.

Eu atendi a um hearing público do conselho de cidade de Minneapolis em abril, 1995, no assunto de toughening "conduta a parcela nas premisoes" da licença rental da cidade. Consultando a minha própria experiência, eu disse que a cidade teve outras maneiras se fechar abaixo edifícios do que o ordinance da rental-licença. Por exemplo, podiam usar inspeçãos punir os proprietários. Minha opinião os membros de conselho da cidade foi obstruída quando eu estava estando no podium. Um outro landlord disse-me que quando eu estava dando o testimony Cherryhomes agitava vigorosa sua cabeça, sinalizando a seus colegas que eu me estava encontrando.

Três semanas mais cedo, Cherryhomes tinha atendido a um rally organizado pela vizinhança com a finalidade de denouncing me. Embora menor e mais suave no tom, eu o compararia com uma daquelas reuniões vermelhas dos protetores encenadas em China durante a volta cultural. Os organizers tinham passado insectos em torno da vizinhança. Aproximadamente trinta pessoas assistiram à reunião. Eu sentei-me na fileira dianteira, assento center, direita na frente do podium. O descanso da fileira era desocupado.

Meus "vizinhos" sentaram-se nas fileiras traseiras que leering em mim. Nesta reunião, uma série dos altofalantes descreveu-me como uma pessoa que operasse um tipo das matrizes para o crime menacing a vizinhança. Para dar-se um "respiradouro" de minha influência nefarious, a associação da vizinhança de Harrison apresentou uma demanda que eu abandono a gerência do edifício e que o edifício estivesse mantido closed para um mínimo de seis meses. Eu aprendi mais tarde que a segunda demanda era uma armadilha: Se um edifício for vago por seis meses, o ordinance da cidade dá à cidade a direita declará-la uma propriedade do incômodo e requisitá-la para ser rasgado para baixo na despesa do proprietário mais uma taxa administrativa de 15%. Felizmente, eu comecei meu edifício para trás no serviço dentro do período de seis meses porque eu tive bastante crédito para fazer os reparos.

Jackie Cherryhomes golpeou uma nota conciliatory no rally da vizinhança. Sugeriu que algum do dinheiro adiantado de NRP estivesse usado me comprar para fora de modo que a vizinhança pudesse dispôr do edifício enquanto viu o ajuste. Indicou também que se tinha encontrado com pessoalmente com mim quatro vezes tentar resolver os problemas em meu edifício. Presumably por causa de minha natureza obstinate, nós não tínhamos controlado fazer nenhum progresso.

Eu levantei minha mão. Cherryhomes não me reconheceu, mas uma outra pessoa . Eu disse meu Cherryhomes que ao mais melhor de meu recollection eu me tinha encontrado com com ela somente uma vez - duas semanas depois que eu tinha comprado o edifício, quando tinha exijido que I vazio para fora do edifício. Respondeu nas palavras a este efeito: "bem, talvez você não estava realmente em outras reuniões três; mas você soube sobre elas e deve ter atendido." (truthfully, eu não fui notificado de nenhumas outras reuniões além do um I atendido.) Deixou a reunião logo após esta troca.

Eu fui dado uma estadia curta defender-se no rally da vizinhança. Quando eu li de um relatório do CUIDADO observando que as condições em meu edifício pareceram melhorar (embora o relatório deu o crédito para esta melhoria às pessoas à excepção de mim), alguém nas audiências acusa-me de "ter manufaturado" o relatório. Havia os cat-calls usuais do "liar". Finalmente, eu deixei estes povos tê-lo. Eu decidi-me dar ao grupo inteiro lingüeta-chicotear.

Eu disse os "vizinhos self-appointed" que tinham feito pouco para lutar o crime na vizinhança de Harrison. Eu disse-lhes que ought ser ashamed dse para o grupo-estrondo tentando mim como este. Eu disse o gerente do edifício de apartamento através da rua que ought remover o graffiti dois-pé-elevado do grupo de seu próprio edifício antes de apontar o dedo em meus. Eu disse ao grupo que eu tinha emitido para fora as liberações de imprensa que convidam povos atender não somente a esta reunião mas a uma outra que eu tivesse em meu repouso para discutir os fatos do caso. Eu convidei qualquer um interessado sincerely nos fatos vir a minha casa imediatamente depois da reunião da vizinhança. Lá eu estaria contente de responder a todas as perguntas e de servir mesmo ao café. Duas pessoas aceitadas realmente.

Minha reação impudent deve ter tido algum impacto desde que a pessoa da equipe de funcionários na associação da vizinhança de Harrison que orchestrated esta campanha nunca conseguiu seu objetivo de escalar ao escritório político elevado em minha parte traseira. No fato, não estava reappointed à posição da pessoa permanente da equipe de funcionários da ligação na associação da vizinhança quando foi enchida diversos meses mais tarde. Por algum irony, eu fui elegido como um representante alterno à associação da vizinhança de Harrison de minha área em sua reunião anual dois meses mais tarde. Um homem novo no rally, que assentou bem em um aide a um congressista de Estados Unidos, cite mais tarde suas atividades crime-de combate na vizinhança de Harrison (dirigida presumably em mim) quando funcionou para o conselho de cidade em uma outra divisão oito anos mais tarde; mas, demasiado, não conseguiu seus objetivos políticos nesse tempo.

Você pode ver que a política está tecida grossa na tela de policiar da comunidade. Não é sobre os oficiais que andam as ruas e que conhecem todos os vizinhos. É mais sobre a política e usar das polícias a edição do crime para o avanço político. O mantra de policiar da comunidade é mais atrativa distante do que sua realidade.

Um de poucos povos que responderam a minha liberação de imprensa aconteceu ser a cabeça da união dos tenants de Minnesota. Em uma conversação de telefone, explicou minha experiência nos termos de uma agenda política maior então que está sendo perseguida na área das cidades gêmeas. Os pontos chaves eram,disse ele, que meus tenants eram novos e pretos e meu edifício estêve ficado situado não longe de Minneapolis da baixa. Os oficiais da cidade podem ter sido percebidos meu edifício de apartamento como uma almofada lançando-se para os hordes dos teenagers pretos que vagueiam as ruas na baixa em áreas de shopping high-priced. Melhor que reque proprietários da loja fazer o trabalho racial sensível de policiar suas próprias propriedades, os motores e os shakers de nossa cidade preferem pôr o aperto sobre proprietários da propriedade rental próxima. Aquela era sua tomada em minha situação.

E assim nós vemos as discussões, couched polìtica em termos astute e corretos, da necessidade dispersar as concentrações da pobreza situadas em vizinhanças da interno-cidade. Pondo uma cara branca sobre o problema do crime, os liberais políticos de ambas as raças podem tratar da situação responsabilizando o landlord branco que aluga aos pretos. Isto pode também envolver o animus particular que algum tipo da fêmea branca tem para machos de sua própria raça em uma cidade tal como Minneapolis. Em vizinhanças racial diversas tais como Harrison, os homeowners enlatam no respiradouro polìtica aceitável das maneiras sua raiva de encontro aos landlords que suposta toleram ou desculpam o crime; seria demasiada de uma batata quente política a focalizar no criminoso ele mesmo. "comunidade policiando" que nós podemos considerar para ser o prong do lei-law-enforcement dessa postura. Um termo mais exato "culpa-estaria deslocando" pelos políticos e pelas polícias.

 

Estale para uma tradução desta página em:

Francês - Espanhol - Inglês - Alemão - Italiano

 

  um modelo da atividade política         à página principal

GoldParty.org

Publicações de Thistlerose COPYRIGHT 2006 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 
http://www.goldparty.org/communitypolicinge.html